sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Ressaca



Causas da ressaca


Segundo Cintya Bassi nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, a ressaca aparece quando há excesso de álcool, e, para isso, basta superar a quantidade de 30 gramas em um dia. “Os órgãos mais afetados pelo são o fígado, estômago, coração, intestino e cérebro”, completa.
A combinação de bebidas alcoólicas pode intensificar a ressaca.
 As opções destiladas, doces ou gaseificadas possuem maior permeabilidade e, por isso, são absorvidas mais facilmente pelo organismo. 
Cachaça, vodca, tequila e champanhe são exemplos dessas bebidas. 
De acordo com a nutricionista, não há uma ligação comprovada entre a intensidade da ressaca com a qualidade da bebida. “O que interfere é o teor alcoólico
A vodca e o gim, por exemplo, são feitas a base de etanol puro e quando metabolizadas formando acetaldeído, que provoca desidratação e dor de cabeça”, explica a especialista.

Como curar a ressaca
Se não teve como evitar a ressaca, a dica é investir em alimentos que ajudem a diminuir a sensação de mal estar. Segundo a nutricionista, os mais indicados para repor as energias são os alimentos leves e de fácil absorção para que o estômago e o fígado não fiquem ainda mais sobrecarregados. 
Além de uma alimentação leve, outra dica é beber muita água para garantir a hidratação. “A água de coco também é ótima, porque fornece líquido auxilia na reposição de minerais”, diz Cintya. 
Outros alimentos com propriedades depurativas como couve, repolho, melancia, beterraba e abacaxi são indicados para desintoxicar o fígado e limpar o intestino.

Para antes e durante:
  • Beba água entre uma cerveja e outra. É importante manter o corpo hidratado sempre. O álcool desidrata o corpo e a cerveja, diurética, nos faz eliminar muito líquido, portanto você precisa reabastecer com frequência.
  •  Não beba de estômago vazio. Como a bebida diminui o nível de açúcar no sangue, comer é importantíssimo para que o organismo não saia do seu nível normal. Comer antes de dormir também ajuda algumas pessoas.

Para depois:
  •  Beba muita água antes de dormir. Muitas vezes a dor de cabeça do dia seguinte é desidratação causada pelo álcool. Beba no mínimo de 2 a 3 copos.
  •  Antiácidos - eles ajudam caso seu estômago apresente sinais de irritação
  • Coma bem no dia seguinte. Evite gorduras e comidas pesadas - seu estômago já está sofrendo o suficiente - mas não deixe de comer. Comer um pouco antes de dormir também ajuda algumas pessoas.
  • Reforçar a hidratação. Além de beber muita água, vale investir em sucos como o de melancia e abacaxi, além da água de coco.


A couve ajuda a desintoxicar e a dar energia, além disso, é rica em Vitamina C, melhorando a imunidade; o melão tem alto teor de água e minerais, ajudando na hidratação; a água de coco é um excelente repositor de sais minerais e o gengibre e hortelã são antieméticos, ajudando contra aquele enjoo.

Ingredientes:
- 1 folha de couve;
- 2 fatias médias de melão;
- 50 ml de água de coco;
- 1 pedacinho de gengibre;
- 2 folhas de hortelã.

Preparo:
Bater todos os ingredientes no liquidificador e tomar em seguida. 
Prefira não coar, para aproveitar melhor os nutrientes e as fibras!


Fontes: diversas



Um comentário:

  1. Olá, querida
    Não bebo nada de álcool... entretanto, tenho me deliciado com muitos sucos detox e copei o que vc nos partilhou... vou experimentar pois vario os diversos sucos no verão... gosto muito...
    Bjm fraternal

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar seu comentário.