quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Lavanda para os nervos


Cientistas da universidade da Romênia demonstraram pela primeira vez que os óleos essenciais de lavanda (L. angustifolia) e lavandim (L. X intermedia), possuem capacidade neuroprotetora via inalação podendo ser útei
s na prevenção e tratamento de demências como o Alzheimer. 
O Alzheirmer envolve danos neurológicos ocasionados pela ação de radicais livres nos neurônios com danos ao seu DNA. No estudo1, os cientistas administraram a ratos escopolamina por 7 dias contínuos visando desenvolver os sintomas de demência e amnésia presentes no Alzheimer. No mesmo período utilizou-se em grupos diferentes de ratos inalação com máscara com os óleos de lavanda e lavandim.
Observou-se nos neurônios de ratos que inalavam os óleos de lavanda e lavandim aumento da atividade das enzimas antioxidantes superóxido dismutase, catalase e glutationa . 

O óleo de lavanda preveniu a morte dos neurônios, por uma potente ação antioxidante, inibindo também danos ao DNA e a morte celular. Em pesquisa similar2, os mesmos cientistas haviam demonstrado que exposições contínuas ao óleo de lavanda podem efetivamente reverter déficits na formação da memória espacial comum em doenças como o Alzheimer. Na Alemanha recentemente foi lançado o medicamento (Lasea/Silexan) composto por cápsulas contendo 80mg de óleo de lavanda para o tratamento da desordem da ansiedade generalizada4. Em estudos clínicos o óleo de lavanda mostrou ser uma alternativa tão eficiente quanto o medicamento Lorazepam (benzodiazepina)3, ainda com a
vantagem de não ter os efeitos colaterais deste. O óleo mostrou potencial tranquilizante via oral no tratamento da insônia, irritabilidade, depressão, desordens de pânico (fobias) e bipolaridade.

1. Hancianu M et al. Neuroprotective effects of inhaled lavender oil on scopolamine-induced dementia via anti-oxidative activities in rats. Phytomedicine. 2013 Mar 15;20(5):446-52. /
2. Hritcu L et al. Effects of lavender oil inhalation on improving scopolamine-induced spatial memory impairment in laboratory rats. Phytomedicine. 2012 Apr 15;19(6):529-34. /
3. Woelk H et al. A multi-center, double-blind, randomised study of the Lavender oil preparation Silexan in comparison to Lorazepam for generalized anxiety disorder. Phytomedicine. 2010
Feb;17(2):94-9. /
4. Kasper S el al. Silexan, an orally administered Lavandula oil preparation, is effective in the treatment of 'subsyndromal' anxiety disorder: a randomized, double-blind, placebo controlled trial. Int Clin Psychopharmacol. 2010 Sep;25(5):277-87.

Fonte:
http://www.laszlo.ind.br/campanhas/JORNAL_LASZLO_4_JUNHO_2013_versao_web.pdf




2 comentários:

  1. oi eliana que interessante a matéria gostei mesmo http://flaviamariavieira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá adorei seu blog as receitas então nem se fala. pode deixar que vou vir mais vezes, e fico aguardando sua visita também. bjs
    http://www.ficarbem.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar seu comentário.