terça-feira, 4 de setembro de 2012

Spirulina


Li está matéria na revista do mundo verde, achei bem interessante e resolvi compartilha com vocês. 

20/8/2012

O sistema imunológico é constituído por um conjunto de tecidos, células e moléculas, cuja função é proteger o organismo contra agentes infecciosos. 
Quando um antígeno entra em nosso organismo, é “atacado” pelas células de defesa da imunidade inata. 
Se a imunidade inata não for capaz de destruir o microrganismo invasor e a doença se instalar, o corpo desenvolve uma resposta imunológica específica, a qual geralmente elimina o invasor, resultando em recuperação com desaparecimento da doença.

Alguns nutrientes presentes na spirulina são capazes de fortalecer nosso sistema imunológico. 
A ficocianina, pigmento azulado presente na spirulina, promove aumento da atividade dos linfócitos que são responsáveis pela produção de anticorpos e pela destruição de organismos estranhos e células infectadas.

A spirulina é fonte de proteínas que são utilizadas como substrato pelo sistema imune para formação de anticorpos. 
As imunoglobulinas (conhecidas como anticorpos) são moléculas basicamente protéicas.
Todas as demais células que participam da defesa orgânica nas respostas imune inata e específica ( como os macrófagos, neutrófilos, eosinófilos, mastócitos, linfócitos B e T, células natural killer etc) precisam de proteína para sua síntese e replicação. 
Além disso, as citocinas (substâncias que participam da regulação da função imune) e mesmo hormônios que controlam a atividades de defesa também tem natureza protéica.

Fonte de vitamina A e carotenóides que atuam no fortalecimento da imunidade, pois são importantes para a secreção e proliferação de linfócitos (células de defesa).
A deficiência de vitamina A está relacionada ao aumento da gravidade das infecções.

Possui ainda em sua composição o ferro, mineral necessário para o bom funcionamento do sistema imunológico. A ação das células importantes da imunidade como os neutrófilos e macrófagos, diminuem quando ocorre deficiência de ferro.

Os ácidos graxos ômega 6 dão origem a substâncias chamadas eicosanóides, que participam das reações inflamatórias aumentando o fluxo sangüíneo no local da inflamação e agindo como sinalizadores para o recrutamento das células de defesa. Desta forma atuam estimulando as respostas do sistema imune.



Como consumir???

A spirulina é comumente encontrada em cápsulas, normalmente sua sugestão de consumo é de 4 cápsulas ao dia. Verifique a indicação no rótulo da embalagem do produto.

Fonte: Thais Souza
Nutricionista da Rede Mundo Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário.