quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Curiosidades Sobre Óleos Essenciais parte 2




  • A salsa é provavelmente a erva condimentar mais popular no Brasil, na Europa e nos Estados Unidos.
  • O óleo essencial de salsa pode ser extraído após o florescimento da planta, ou mais adiante, no ponto de frutificação.
  • O óleo essencial das folhas da salsa possui aroma semelhante ao da planta. Ele possui cor esverdeada, sabor picante e odor herbáceo.
  • O óleo essencial de Salvia officinalis é de cor amarela, tendo uma nota fresca, herbácea, canforácea e ardente no sabor.
  • O nome dill, do endro, origina-se do nórdico dilla que significa calmante ou conforto.
  • Em 1982, uma parte da “The Fragrance Foundation” fundou o “Sense of Smell Institute” e juntas criaram o termo AROMACOLOGIA!
  • Os óleos essenciais com uma quantidade predominante de timol (de tomilho) caracterizam-se pela fácil cristalização.
  • Robert Tisserand foi uma das primeiras pessoas a ensinar AROMATERAPIA às nações de língua inglesa!
  • O componente aldeído cinâmico é agente estimulante do sistema nervoso central em baixas doses e sedativo em altas.
  • O principal componente do óleo essencial de pitanga é o curzereno.
  • Robert B. Tisserand escreveu o “The Art of Aromatherapy” e foi o responsável por popularizar a aromaterapia nas nações de língua inglesa.
  • O óleo de caroço de algodão é extraído das suas sementes e apresenta um leve sabor de castanha.
  • Todas as plantas cítricas de significância para a produção de óleos essenciais são perenes, arbustivas ou pequenas árvores.
  • Diz-se que o óleo essencial de angélica estimula o apetite e pode auxiliar no tratamento da anorexia nervosa.
  • O óleo essencial de menta é de cor amarelo-pálida, quase transparente, com forte odor fresco e amargo ao mesmo tempo.
  • O subcontinente indiano é uma das regiões do mundo mais ricas em plantas aromáticas! 
  • O óleo essencial de alho é quente por natureza e deve ser evitado por pessoas que estejam nervosas ou irritadas!!!
  • No Reino Unido a terapia com óleos essenciais foi introduzida através da profissão da terapia da beleza (estética e cosmetologia).
  • A erva-doce é uma planta de porte arbustivo bianual, nativa do sul da Europa e do Oriente Médio.
  • O óleo essencial de pimenta preta proporciona tonicidade aos músculos ligados aos ossos.
  • O óleo de benjoim deve ser evitado em situações que exigem concentração, pois tem efeito sonífero.
  • Earl Grey é o nome dado a qualquer tipo de chá aromatizado com óleo essencial de bergamota.
  • O óleo essencial de coentro produz efeitos muito interessantes em perfumes do tipo oriental.
  • Os indianos têm o costume de mascar as sementes de anis para refrescar o hálito.
  • A angélica (Angelica archangelica) é uma delicada planta aquática encontrada nas proximidades dos rios e cachoeiras.
  • Óleos essenciais são uma mistura complexa de compostos orgânicos voláteis, com até centenas de constituintes distintos.
  • Na China, 3500 anos antes de nossa era, ao longo do Rio Jovem, as madeiras aromáticas eram utilizadas como incenso.
  • O óleo essencial de Bétula alba era o ingrediente de um tônico capilar muito popular na Alemanha, o Birkenwasser.
  • As essências sintéticas, apesar de possuírem um cheiro agradável, são destituídas de qualquer propriedade terapêutica.
  • Antes da destilação, a casca da Bétula lenta precisa ser macerada em água morna para liberar o óleo essencial.
  • O óleo essencial de capim vetiver, retirado de suas raízes, é aplicado como flavorizante pelas indústrias alimentícias.
  • Do tupi, pitanga significa vermelho-escuro. É a cor da fruta, também conhecida como “calmante do sangue”.
  • O salicilato de metila é o principal componente do óleo essencial de Bétula lenta.
  • A pimenta-da-jamaica é nativa da América Central, sendo uma árvore muito ramificada, que alcança de 7 a 10 metros de altura.
  • Os doutores árabes e alquimistas inventaram a “serpentina” com o objetivo de resfriar os produtos destilados!
  • Por apresentar características laxativas o óleo de mamona não é utilizado em aplicações alimentícias.
  • O óleo essencial de anis estrelado pode estimular excessivamente o sistema nervoso e deve ser evitado por alérgicos.
  • Antigamente, nenhuma outra nação esteve tão bem treinada em alquimia, medicina e terapias naturais quanto os árabes!
  • A mentona é usada na composição de perfumes e aromatizantes.
  • Os frutos de Rosa Mosqueta contêm altos níveis de vitamina C e têm um sabor levemente azedo, picante.
  • O leite das virgens, uma antiga água de colônia, utilizava os óleos de benjoim, lavanda e etanol.
Fonte: Desconheço

Bjs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário.