sábado, 7 de julho de 2012

Perfume: escolha o ideal para você.


Florais são a aposta de fragrâncias para este inverno

Escolher o perfume certo pode fazer a diferença no seu dia. Combinado com a sua pele, ele se torna sua marca e pode te fazer se sentir mais sexy, confiante e até atrair aquela pessoa tão esperada. Quer acertar na fragrância? Então veja as dicas da perfumista Verônica Kato.
Cheirinho de inverno
Para esta estação, Verônica indica os perfumes 
florais, leves e adocicados. Eles combinam com o clima mais frio, que ajuda a manter o aroma mais suave, sem incomodar os outros.
Onde e como
Segundo a perfumista, os melhores lugares para se passar o perfume são onde a circulação sanguínea é maior, pois como o sangue corre mais próximo à pele, o calor ajuda a exalar o bálsamo. "Borrife na nuca, atrás das orelhas, pulsos, pescoço e nas dobras dos braço. Mas cuidado para não exagerar!", explica. Pessoas alérgicas e, mesmo as que não tem problema nenhum com perfumes, podem se sentir incomodadas com odores fortes.
“Como o perfume é um complemento, é importante não deixá-lo chamar mais a atenção do que você”, comenta Verônica. O truque para saber o quanto passar está no frasco. Ela explica que para produtos sem válvula, pode-se abusar um pouco mais; os valvulados (com spray) devem ser espirrados com mais moderação, de duas a três vezes. Já os fracos menores, com aplicadores delicados, são normalmente produtos mais concentrados e por isso, devem ser colocados com apenas um toque.



Lavanda é uma das opções florais
Assinatura olfativa
Em cada pessoa o cheiro do perfume fica diferente. Não importa o quanto você gostou do aroma no frasco, é preciso experimentar na pele para ver se a combinação realmente funciona. “Existe uma interação da pele da pessoa com o perfume que ela utiliza”, comenta Verônica. Segundo ela isso acontece porque o odor natural é o resultado da mistura de tudo o que é ingerido - comida, bebida, medicamentos – e outros elementos como a melanina (substância responsável pela cor), hábitos como fumar, uso de produtos de limpeza e até o ciclo menstrual.

A decisão
A perfumista afirma que a escolha de determinada fragrância se dá em função do momento de vida em que a pessoa se encontra, assim como as experiências de vida que ela teve.
Isso acontece porque o olfato é o sentido que está mais conectado ao emocional. “Um cheiro que pode ser agradabilíssimo para uma pessoa, pois a faz se lembrar de alguém ou algum momento agradável de sua vida, pode causar repulsão em outra”, diz. Então, quando for escolher seu perfume, sua marca, é importante ter em mente que tipo de odores são mais agradáveis a você, mas sem excessos.
Marina Finco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário.